ASBRAD

Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude

Princípios

Considerar a família como um todo, e não apenas seus segmentos, como foco de atenção e de atuação para que elas possam assumir suas funções, autonomia e responsabilidades sociais de forma que possam ver garantidos os seus direitos fundamentais tendo resguardado, acima de tudo o direito ao convívio familiar, conforme prevê o artigo 227 da Constituição Federal de 1988 e o artigo 112, inciso III do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *